Identifique um bom sistema de segurança residencial

Identifique um bom sistema de segurança residencial

Como identificar um bom sistema de segurança residencial?

Se você está interessado em um sistema de segurança residencial e não tem muita certeza de como escolher, esse é o  artigo certo para você!

Antes de começar, um sistema de segurança residencial, é algo que precisa de um olhar técnico para evitar transtornos a curto, médio e longo prazo.

Sistemas “para leigos” pedem muita atenção, porque podem ocorrer dúvidas na hora da instalação, e desinformação a nível das funcionalidades e qualidade dos equipamentos.

Mas vamos lá, conheça agora alguns pontos listados pelo time de especialista GSC, como os principais, que irão te guiar para a escolha de um bom sistema de segurança residencial.

1. Qualidade

Sempre batemos nessa tecla porque ela é realmente importante, a qualidade.

Mas qualidade está além (mas também presente) de materiais duráveis, está principalmente nos softwares e programas que gerenciam os sistemas.

Na GSC falamos que qualidade é sinônimo de segurança, por isso aqui vai uma dica, e um alerta. valiosos:

Certifique-se que o seu sistema não seja facilmente raqueado, que ele não tenha conteúdos públicos na internet ensinando como invadi-lo ou desarma-lo por intrusos.

2. Histórico de usuários

Busque na internet por fóruns e canais de comunicação onde você possa visualizar a opinião de usuários, veja a satisfação e insatisfações (ReclameAqui).

Algumas pessoas optam pela versatilidade de ter uma empresa de segurança eletrônica cuidando de tudo o que tange seu sistema de segurança residencial:  instalação, manutenções, testes preventivos, monitoramento, etc.

Outras optam por fazer todos os procedimentos elas mesmas.

Em todos os casos, pesquisar o produto/sistema/empresa é uma solução para evitar dores de cabeça e garantir a escolha do melhor serviço para suas necessidades.

3. Monitoramento

Um sistema de segurança residencial, por mais tecnológico que possa ser, ainda precisará de pessoas para gerenciá-lo e monitora-lo.

Se o usuário que gerencia o sistema estiver em uma sessão de cinema no momento que um alerta for enviado para seu smartphone, isso poderá gerar um enorme transtorno, ou pior, passar despercebido no momento crítico.

Para prevenir, a dica é contratar uma empresa especializada em monitoramento de sistemas e alarmes de segurança, que ofereça além do monitoramento, a segurança dos dados e confiança em seu serviço.

3. Funcionalidade do sistema de segurança residencial

Essa dica é importante para todos, mas principalmente para aqueles que pretendem executar o serviço por conta própria, sem a ajuda de uma empresa especializada

Antes de optar pelo modelo X ou a marca Y, se informe sobre a funcionalidade dos produtos: durabilidade, integração com outras tecnologias, conectividade, facilidade para manuseio.

Algumas vezes o usuário vai desejar o que há de melhor e mais inovador, mas sem saber se aquilo vai realmente funcionar para ele ou sem ele já possui a estrutura correta para o sistema.

Por isso é necessário ter atenção aos seguintes tópicos:

  • Facilidade, e praticidade de gerenciar o sistema, para leigos;
  • Conectividade, que precisa ser eficiente na estrutura de rede já existente;
  • Projeto de posicionamento dos equipamentos, para que o sistema seja eficiente.
  • Atenção recorrente à vida útil de pilhas e baterias, já que muito se ouve falar de sistemas que falham devido esse pequeno detalhe – a GSC faz o serviço de monitoramento da eletricidade e baterias dos aparelhos, para evitar sua ineficiência.

4. Tecnologia

Por último, mas não menos importante, nossos especialistas elegeram “tecnologia” um ponto chave na hora de escolher um bom sistema de segurança residencial.

Sistemas de segurança passam constantemente por melhorias e integração com novas tecnologias, assim como smatphones e computadores.

Quando optar por um sistema, procure considerar como melhor escolha aquela que ofereça integração com outras tecnologias, mesmo que no momento essa não vá ser a funcionalidade utilizada.

É preciso se antecipar às mudanças que virão (e surgem a todo momento) para ter mais segurança e economia a longo prazo.

Solicite um projeto de segurança eletrônica residencial especializado e gratuito, clique aqui.

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*